Solicitação encaminhada pela Companhia Docas do Ceará (CDC) ao governo federal ainda em 2014, a dragagem do Porto do Mucuripe, em Fortaleza...


Clipping - Portos e Logística
Porto do Mucuripe espera dragagem desde 2014. Edital deve sair neste ano
19/06/2017
Solicitação encaminhada pela Companhia Docas do Ceará (CDC) ao governo federal ainda em 2014, a dragagem do Porto do Mucuripe, em Fortaleza, é um projeto que ainda deverá demorar para sair do papel. A indefinição da obra vem gerando impactos negativos para o turismo local, afastando companhias de cruzeiros, que precisam atracar longe do Terminal Marítimo de Passageiros, causando transtornos aos visitantes. A previsão é que o edital de contratação do serviço seja lançado ainda neste ano.

Atualmente, os turistas que chegam à Capital cearense nessas embarcações têm de descer no porto antigo e ir de ônibus até o terminal de passageiros, que recebe eventos como feiras e shows. Representantes da cadeia produtiva do turismo de Fortaleza vêm reclamando do inconveniente, um impasse que causa desinteresse nas companhias de cruzeiro e, consequentemente, prejudica a economia da cidade.

O objetivo da dragagem de manutenção do Porto de Fortaleza é melhorar as condições de navegabilidade e atracação dos navios que embarcam e desembarcam passageiros de cruzeiros. Conforme o edital, as profundidades do canal e do berço deverão ficar acima de 14 metros e de 13 metros, respectivamente.








Assine Portos e Navios


Relevância

Em março de 2014, quando lançou o edital para a dragagem do Porto de Fortaleza, o governo federal destacou que a construção do terminal de passageiros abriria caminho para a consolidação da atividade turística na região. Por isso, era "necessária a adequação do acesso aquaviário e a manutenção da profundidade do berço para garantir a movimentação dos navios".

O projeto está incluído no Programa Nacional de Dragagem (PND), instituído pela Lei 11.610/2007, criado para reduzir os gargalos que limitam os acessos marítimos aos portos brasileiros.

Certame

A licitação deverá ser feita pelo regime de Contratação Integrada, previsto no artigo 9º da Lei 12.462/2011. O certame compreenderá a elaboração do projeto básico e projeto executivo, a execução dos serviços de dragagem do terminal portuário de Fortaleza, além de todas as demais operações necessárias para a entrega da obra.

Responsável pela administração do Porto de Fortaleza, a CDC informa que já realizou todos os procedimentos necessários à realização da obra e aguarda uma decisão do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. Em nota, o ministério informou que "a Companhia Docas do Ceará está realizando as sondagens necessárias para conclusão do projeto básico" e que o edital de contratação da obra deverá ser "lançado ainda neste ano".

Enquanto o projeto não sai, a CDC realiza a recepção dos navios de cruzeiro em seu Berço 105 e TMP (Terminal Marítimo), mediante autorizações expedidas pela Alfândega do Porto de Fortaleza.
As notícias publicadas no clipping refletem as opiniões dos seus respectivos autores e não do Escritório. Sendo o clipping apenas uma reprodução das notícias extraídas de fontes diversas, o Escritório não se responsabiliza pelas informações publicadas ou por danos causados pelo uso dessas informações.
Fonte:  Portos e Navios  Link direto:  Clique aqui
Leia mais notícias sobre:  Portos e logística
Voltar
  Últimas Datas
23/10/2017
20/10/2017
19/10/2017
18/10/2017
17/10/2017
11/10/2017
10/10/2017
09/10/2017
06/10/2017
05/10/2017
04/10/2017
03/10/2017
02/10/2017
29/09/2017
28/09/2017

Para localizar um Clipping específico, utilize o formulário abaixo:

Busca por assunto / Busca por data
Infront Informatização Empresarial