O Tequimar – Terminal Químico de Aratu, controlado pelo Grupo Ultra, instalado no Complexo Industrial Portuário de Suape, acaba de solicitar ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação...


Clipping - Portos e Logística
Terminal de combustíveis em Suape ampliará tancagem
26/10/2017
O Tequimar – Terminal Químico de Aratu, controlado pelo Grupo Ultra, instalado no Complexo Industrial Portuário de Suape, acaba de solicitar ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, por meio da Secretaria Nacional dos Portos, o aumento da capacidade estática para armazenagem de combustíveis (gasolina, óleo diesel e etanol) e a renovação antecipada do seu contrato de arrendamento. A administração de Suape já autorizou o plano de expansão da empresa. Agora, o grupo aguarda a resposta do governo federal que deve ser divulgada até o final deste ano. O investimento no projeto de expansão ultrapassa os R$ 84 milhões.

Atualmente, o terminal possui capacidade estática de armazenamento de 160 mil m³ em produtos. Após obter a autorização para o seu plano de investimentos, a empresa irá ampliar em 40 mil m³ o seu potencial de estoque, chegando a armazenar, no total, 200 mil m³ de combustíveis com a construção de quatro novos tanques.

O plano de expansão da empresa ainda contempla a construção de duas novas plataformas de carregamento rodoviário com quatro braços de carregamento cada, a construção de uma nova linha de píer de 14 polegadas e a aquisição de um veículo para combate a incêndio.

A previsão do Grupo é iniciar as obras em janeiro de 2018 e a operação no segundo semestre de 2019. A construção dos novos tanques e da nova linha de píer deve gerar até 300 empregos diretos, segundo a empresa. Após a conclusão das obras, e com a nova operação já em andamento, serão gerados 28 empregos diretos e mais de 80 indiretos.

De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, a projeção é que a demanda por combustíveis cresça ainda mais nos próximos anos. Em 2017, o consumo de combustíveis na área de influência de Suape, considerando os estados de Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Ceará e Rio Grande do Norte, deve chegar a 8,9 milhões de m³ no total, sendo 0,7 milhões de m³ de etanol hidratado, 3,7 milhões de m³ de óleo diesel e 4,5 milhões de m³ de gasolina. Já em 2026, a projeção aponta o consumo de 11,6 milhões de m³ no total nos estados apontados.

“O plano de investimento da empresa comprova que a demanda no setor de combustíveis só aumenta. Suape mantém, há alguns anos, a liderança na movimentação de graneis líquidos entre os portos públicos do país e essa notícia deve ser comemorada, pois certamente trará um incremento na nossa movimentação”, comentou o presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape, Marcos Baptista.

EXPANSÕES

Este ano, outros dois terminais já conseguiram a autorização para ampliar seus parques de tancagem. A empresa Italiana Decal recebeu permissão para construir novos tanques e armazenar até 437,5 mil m³ de combustíveis. A empresa Pandenor Importação e Exportação também obteve a autorização para aumentar sua capacidade estática de armazenagem e passará a acomodar 122 mil m³ de produtos. Atualmente, os seis parques de tancagem localizados em Suape têm capacidade de armazenamento de aproximadamente 700 mil m³. Com as expansões, ultrapassará 1 milhão de m³.
As notícias publicadas no clipping refletem as opiniões dos seus respectivos autores e não do Escritório. Sendo o clipping apenas uma reprodução das notícias extraídas de fontes diversas, o Escritório não se responsabiliza pelas informações publicadas ou por danos causados pelo uso dessas informações.
Fonte:  Portos e Navios  Link direto:  Clique aqui
Leia mais notícias sobre:  
Voltar
  Últimas Datas
21/11/2017
17/11/2017
16/11/2017
14/11/2017
13/11/2017
10/11/2017
09/11/2017
08/11/2017
07/11/2017
06/11/2017
03/11/2017
01/11/2017
31/10/2017
30/10/2017
27/10/2017

Para localizar um Clipping específico, utilize o formulário abaixo:

Busca por assunto / Busca por data
Infront Informatização Empresarial