A Karoon está com a documentação pronta para lançar licitação que vai contratar os trabalhos de engenharia, construção e instalação (EPCI) da unidade de produção que da descoberta...


Clipping - Óleo e Gás
Concorrência da Karoon à vista
01/11/2017
A Karoon está com a documentação pronta para lançar licitação que vai contratar os trabalhos de engenharia, construção e instalação (EPCI) da unidade de produção que da descoberta de Echidna, na Bacia de Santos. “Esperamos que as ofertas incluam estruturas para adiamento de pagamentos, soluções para financiamento de equipamentos, divisão de riscos submarinos e/ou propriedade de equity”, explicou a companhia em comunicado ao mercado.

A concorrência, no entanto, só deve ser lançada ao mercado após a conclusão da entrada da DEA no projeto. A empresa alemã fechou um acordo para adquirir 50% de participação nos cinco blocos operados pela Karoon em Santos (S-M-1037, S-M-1101, S-M-1102, S-M-1165 e S-M-1166).

O desenvolvimento da descoberta de Echidna contará com uma unidade de produção que será conectada a dois poços horizontais de produção e um poço de injeção de gás. A previsão é que o pico da produção da área alcance 28 mil barris/dia.

A companhia também deve começar a trabalhar em breve na exploração do bloco S-M-1537, ao sul da Bacia de Santos, que foi arrematado na 14ª Rodada, no mês passado. O contrato de concessão será assinado em dezembro.

A Karoon já identificou a possibilidade de presença de óleo no bloco por meio de análises sísmicas, mas precisa de trabalhos geológicos adicionais para definir o tamanho e o risco das próximas decisões operacionais sobre a área, por isso, o programa exploratório mínimo a ser fechado com a ANP deverá ter apenas aquisição sísmica e estudos geológicos.

A petroleira acredita que conseguirá se beneficiar de sinergias operacionais e logísticas em relação aos seus outros blocos na bacia durante a exploração da concessão.

“No terceiro trimestre, a Karoon avançou no FEED da descoberta de Echidna, arrematou áreas de baixo risco exploratório ao sul da Bacia de Santos e assinou um acordo estratégico de parceria para novas oportunidades no Brasil”, comemorou o diretor Robert Hosking no relatório trimestral da companhia, divulgado nesta terça-feira (31/10).

Ao fim do terceiro trimestre, a companhia tinha US$ 352 milhões em caixa.
As notícias publicadas no clipping refletem as opiniões dos seus respectivos autores e não do Escritório. Sendo o clipping apenas uma reprodução das notícias extraídas de fontes diversas, o Escritório não se responsabiliza pelas informações publicadas ou por danos causados pelo uso dessas informações.
Fonte:  Brasil Energia  Link direto:  Clique aqui
Leia mais notícias sobre:  
Voltar
  Últimas Datas
21/11/2017
17/11/2017
16/11/2017
14/11/2017
13/11/2017
10/11/2017
09/11/2017
08/11/2017
07/11/2017
06/11/2017
03/11/2017
31/10/2017
30/10/2017
27/10/2017
26/10/2017

Para localizar um Clipping específico, utilize o formulário abaixo:

Busca por assunto / Busca por data
Infront Informatização Empresarial